Classificação dos Hotéis por Estrelas

Uma Estrela – (Moderado)

Normalmente denota hotéis independentes e de rede com reputacao de oferecer comodidades de qualidade consistente. O hotel normalmente é de pequeno a médio porte e localizado próximo a atrações de preço moderado. As comodidades normalmente incluem telefone e TV no quarto. Alguns hotéis oferecem serviço de restaurante limitado. No entanto, os serviços de quarto e de carregador normalmente não são fornecidos.
Duas Estrelas – (Moderado)

Normalmente hotéis menores gerenciados pelo proprietário. O hotel frequentemente tem de 2 a 4 andares e normalmente apresenta uma atmosfera mais pessoal. Normalmente está localizado perto de atrações com bom preço, grandes interseções e com acesso a transporte público. Os móveis e facilidades são limpos, mas básicos. A maioria não terá restaurante no local, mas normalmente ficará a uma curta distância de alguns restaurantes bons e baratos. O acesso público depois de uma certa hora poderá ser restrito.

Três Estrelas – (Primeira Classe)

Normalmente estes hotéis oferecem acomodações mais espaçosas que incluem quartos bem equipados e lobby decorado. O serviço de carregador normalmente não está disponível. Eles frequentemente estão localizados perto de grandes vias expressas ou áreas de negócios, próximos a lojas e de atrações de preço moderado a alto. Os hotéis normalmente contam com restaurantes de porte médio que oferecem café da manhã a jantar. A disponibilidade de serviço de quarto pode variar. Estacionamento com manobrista, academias e piscinas são oferecidos.

Quatro Estrelas – (Superior)

A maioria é de hotéis grandes e formais com atendimento inteligente, serviço de recepção e de carregador. Os hotéis estão em sua maioria localizados perto de outros hotéis do mesmo porte e normalmente ficam perto de lojas, restaurantes e outras grandes atrações. O nível de serviço está bem acima da média e os quartos são bem iluminados e equipados. Normalmente há restaurante disponível e pode incluir mais de uma opção. Alguns estabelecimentos oferecem café da manhã continental e/ou happy hour. O serviço de quarto normalmente está disponível na maior parte do tempo. O serviço de estacionamento com manobrista e/ou em garagem normalmente também é disponibilizado. Serviços de concierge, academias e uma ou mais piscinas frequentemente são oferecidos.

Cinco Estrelas – (Deluxe)

Estes hotéis oferecem apenas o nível mais alto de acomodações e serviços. Os estabelecimentos oferecem um alto nível de serviço pessoal. Embora a maioria dos hotéis cinco estrelas seja de estabelecimentos grandes, às vezes hotéis pequenos e independentes (não pertencentes a nenhuma rede) oferecem uma intimidade e elegância que não são encontradas em um ambiente maior. As localizações dos hotéis podem variar de locais muito exclusivos em uma área suburbana a locais no coração da cidade. Os lobbies dos hotéis são suntuosos e os quartos completos com móveis elegantes e jogos de cama de qualidade. As comodidades normalmente incluem: videocassete, aparelho de som com CD, banheira ou Jaccuzi, videoteca nos quartos, piscina aquecida e muito mais. Os hotéis contam com até três restaurantes, todos com menus requintados. O serviço de quarto normalmente funciona 24 horas por dia e geralmente há academias e estacionamento com manobrista e/ou em garagem disponíveis. Um concierge também fica à disposição para lhe ajudar.

Classificação no Brasil

No Brasil, o sistema de classificação por estrelas foi adotado por alguns anos e posteriormente abandonado. O que vigorava até pouco tempo era um sistema informal de padronização por estrelas. Era esse sistema que atribuía cinco estrelas ao Copacabana Palace e ao Fasano, que são incontestavelmente hotéis de altíssimo padrão; entretanto, no caso de outros hotéis, como foi o caso em Belo Horizonte, a informalidade gerou controvérsias.

E isso porque esse sistema informal tinha um grave defeito: eram os próprios hotéis quem determinavam seu padrão, e essa determinação era feita sem nenhum critério; por exemplo, uma pousada poderia entender que, por construir uma piscina, automaticamente merecia passar de três para quatro estrelas, e passava a se divulgar como tal para seus potenciais hóspedes.

Em 21 de junho de 2011, o Ministério do Turismo publicou a Portaria 100, que instituiu o Sistema Brasileiro para Classificação de Meios de Hospedagem, estipulou critérios para a classificação, e criou um Conselho Técnico de Classificação; a esse Conselho caberá estipular detalhes da implementação do Sistema, como por exemplo fiscalizar quais hoteis estão sendo desonestos ao solicitar determinar padrão de estrelas.

FONTES: hoteis.com / Ministério do Turismo