Pessoas Especiais

Vez ou outra, com certeza, você assiste a algum programa na televisão de perguntas e respostas.
Desses, em que as pessoas concorrem a prêmios se acertarem uma série de questões.
E é quase certo que você, sentado em sua poltrona, em sua casa, igualmente tente responder.
É provável que você acerte várias questões e até fique a cogitar que, se fosse você, no palco, naquele momento, ganharia com facilidade os valores ofertados.
É possível também que algumas das perguntas você não tenha ideia alguma do que se trata.
Por isso mesmo, é que neste dia desejamos reflexionar juntos, propondo-lhe tentar responder algumas questões:

Primeira: Você saberia dizer o nome das cinco pessoas mais ricas do mundo?
Segunda: E o nome dos cinco últimos ganhadores do Prêmio Nobel da Paz?
Terceira: Quem sabe poderia lembrar do nome das cinco últimas Miss Universo?
Quarta: Talvez poderia lembrar o nome de dez ganhadores de Medalha de Ouro nas Olimpíadas?
Quinta: Seria possível, então, recordar quem foram os últimos doze atores ganhadores do ambicionado prêmio da Academia de Cinema, o Oscar?

Das cinco questões, você conseguiu responder alguma no todo ou em parte?
Difícil, não? E são pessoas famosas, que aparecem nos jornais, nas revistas, na televisão.
Não são pessoas anônimas, desconhecidas.
Contudo, é assim: o aplauso morre, os prêmios envelhecem, grandes acontecimentos são esquecidos.

Mas, não desanime. Vamos tentar um outro teste.
Primeira pergunta: Você lembra o nome dos professores que você mais gostava?
Segunda: É capaz de dizer o nome de três amigos que ajudaram você em momentos difíceis?
Terceira: E seria possível você relacionar o nome de cinco pessoas que lhe ensinaram alguma coisa valiosa, em sua vida?
Quarta: E quantas pessoas fizeram você se sentir amado e especial?
E, por último, relacione cinco pessoas com quem você gosta de estar.

Você achou este teste mais fácil, não é mesmo? Sabe por quê?
Porque as pessoas que fazem a diferença em nossas vidas não são as que têm mais credenciais, ganham muito dinheiro ou prêmios.
São aquelas que se importam conosco. Com nosso progresso, com nosso bem-estar, com nossa qualidade de vida.
São as pessoas que nos têm afeto, que nos amam. Pessoas que amam a sua profissão e não somente realizam um dever, exercendo-a.
Assim foram muitos dos nossos professores.
Pessoas que sabem que é bom partilhar, dividir experiências, ensinar a outros.
Como nossos avós, pais, tios, vizinhos, pessoas que sabiam alguma coisa boa, importante e se preocuparam em nos ensinar.
Ensinar a cuidar de uma casa, a plantar uma rosa, regar um jardim.
Talvez lavar um carro, empinar um papagaio, preparar uma deliciosa sopa, bordar, escrever, escrever um poema ou redigir uma carta.
Criaturas que nos ensinaram dedilhar o piano, tocar o violão, cantar uma canção. Mesmo que seja uma canção de ninar para adormecer um bebê.
Pessoas que sabem conversar, edificando; descontrair sem exageros; manter amizades através dos anos.
Pessoas, enfim, que fazem a diferença na sua vida. Na vida de cada um de nós.
ESSAS PESSOAS recebem um lugar especial em nosso coração…Um Espaço totalmente separado onde designamos: “Pessoas especiais.”

Registrando pessoas especiais em sua vida, recorde-se de se tornar, igualmente, para muitas outras vidas, alguém muito especial.
Especial na manifestação da amizade, do estímulo, da alegria de viver.
Alguém que mesmo depois de partir, permaneça como suave presença, um delicado perfume de saudade.

FONTE: http://lukareiswoitas.blogspot.com.br